sábado, 3 de dezembro de 2016

RECEITAS INTERESSANTES E PRÁTICAS

COSTELA FÁCIL NO BAFO

INGREDIENTES
1 kg de costela inteira
1 colher de sopa de sal grosso
1 cebola
MODO DE PREPARO
Coloque em um panela de pressão a costela inteira, e jogue o sal grosso e a cebola em rodelas, não colocar água, somente a costela o sal e a cebola
Feche a panela e deixe na pressão por 20 a 30 minutos no fogo baixo
Mexa a panela de vez em quando
Depois é só servir e bom apetite


Obs.de quem fez:
Esta receita é deliciosa. Você pensa que nao vai cozinhar ,mas ela cozinha e fica divinamente saborosa.Eu achei que ficou muito branca,coloquei um tablete de caldo knnor e deu uma corzinha. Amei essa receita....
Arthur.em 13/09/16
É realmente divina essa costela.....eu nunca consegui acertar no preparo dessa carne.....Agora acertei e ficou uma delícia......
Fonte:Site,tudogostoso.

****************************************

Quiche Leve

Recheio leva peito de peru, muçarela e azeitona verde

INGREDIENTES

Massa
1 xícara (chá) de farinha de trigo (160 g)
4 colheres (sopa) de azeite (60 ml)
½ xícara (chá) de requeijão (120 g)
½ colher (chá) de fermento em pó sal a gosto
Recheio
1¼ xícara (chá) de peito de peru picadinho (150 g)
1 ½ xícara (chá) de muçarela ralada (150 g)
1/3 xícara (chá) de azeitona verde picadinha (50 g)
2 gemas
1 xícara (chá) de requeijão
(240 g) sal, pimenta-do-reino e cheiro verde picadinho a gosto
2 claras batidas em neve queijo parmesão ralado a gosto
MODO DE PREPARO

Massa
1 - Numa tigela coloque 1 xícara (chá) de farinha de trigo, 4 colheres (sopa) de azeite, ½ xícara (chá) de requeijão, ½ colher (chá) de fermento em pó, sal a gosto e misture até obter uma massa. Com um rolo abra esta massa, entre dois sacos plásticos e transfira para uma forma de quiche com fundo falso (25 cm de diâmetro x 3 cm de altura) e forre o fundo e as laterais.
2 - Leve para assar em forno médio pré-aquecido a 180°C por 15 minutos. Retire do forno e reserve.
Recheio
3 - Coloque numa tigela 1 ¼ xícara (chá) de peito de peru picadinho, 1 ½ xícara (chá) de muçarela ralada, 1/3 xícara (chá) de azeitona verde picadinha, 2 gemas, 1 xícara (chá) de requeijão, sal, pimenta-do-reino e cheiro verde picadinho a gosto e misture. Adicione 2 claras batidas em neve e misture delicadamente. Transfira esta mistura para a forma com a massa (reservada acima) cubra com queijo parmesão ralado a gosto e volte ao forno a 180°C por 40 minutos. Retire do forno, desenforme e sirva em seguida.
Fonte:Site da anamariabraga.globo.com

****************************************

Pizza de Pão Dormido

Receita econômica e deliciosa


 INGREDIENTES
4 xícaras (chá) de pão francês cortados em cubinhos (+/ 04 pães) - azeite a gosto
1 copo de requeijão (220 g)
3 ovos batidos
1⁄2 xícara (chá) de bacon frito (60 g)
1 xícara (chá) de muçarela ralada (140 g)
3 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado (25 g)
Salsinha e cebolinha picadinha a gosto
1⁄2 xícara (chá) de muçarela (70) ralada misturada com ½ xícara (chá) de presunto picadinho (70 g)
3 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado (25 g)

 MODO DE PREPARO
Coloque em uma assadeira 4 xícaras (chá) de pão francês cortados em cubinhos, tempere com azeite a gosto e leve para assar em forno baixo preaquecido a 150°C por +/- 20 minutos. Retire do forno e deixe esfriar.
Em uma tigela coloque 1 copo de requeijão, 3 ovos batidos, ½ xícara (chá) de bacon frito, 1 xícara (chá) de muçarela ralada, 3 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado, salsinha e cebolinha picadinha a gosto, misture bem, acrescente os cubinhos de pão (reservados acima), misture novamente.
Coloque metade da massa de pão (feita acima) numa assadeira redonda (22 cm de diâmetro) untada, espalhe ½ xícara (chá) de muçarela ralada misturada com ½ xícara (chá) de presunto picadinho, cubra com o restante da massa de pão e polvilhe 3 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado.
Leve para assar em forno médio preaquecido a 180°C por +/- 25 minutos. Retire do forno, desenforme e sirva em seguida.
********************************************************************************


BOLO VAPT VUPT DE CÔCO DIVINO

Numa tigela misture e reserve:
*2 xíc.(chá) de farinha de trigo(Ou* 2 copos requeijão)
1 colh.(sopa) de pó royal.

No liquidificador adicione:
2 ovos grandes ou 3 pequenos
1 xíc.(chá)de leite
1 xíc.(chá) de açúcar
Meia xíc.(chá)de óleo de milho

Bata bem batido e despeje sobre a farinha reservada mexendo bem até misturar tudo.
Coloque em forma untada com manteiga,sobre esta massa crua espalhe 100grs de coco ralado
umedecido com pouco menos de meia xíc de água filtrada.Leve então ao forno até dourar ou até que enfiando um palito este saia seco.

Ao sair do forno fure com um garfo e espalhe uma lata de leite moça sobre o bolo quente ainda.
Sobre o leite moça espalhe um pouquinho de coco seco ralado.
Deixe esfriar e leve para gelar.
Experimente isto,fica uma delícia,vc vai sempre fazer.

Obs.VOCE PODE FAZER ESTA COBERTURA DO BOLO ACIMA,SOBRE QUALQUER RECEITA DE BOLO,ATÉ O DE MASSA PRONTA TIPO DONA BENTA.


Dica para incrementar um bolo de massa pronta: Com pedaços de chocolate,fica uma delícia, faço assim...

Faça um bolo Dona Benta sabor que gostar e antes de levar ao forno,sobre a massa crua espalhe pouco mais de meia barra de chocolate meio amargo picadinha, daquela barra de 170gr.
Passe as costas de uma colher sobre os pedaços,sem afundá-los, para a massa cobrir ligeiramente os pedaços,fica aparecendo,não afunde-os.
Leve ao forno até dourar

*************************************************************************


OMELETE DA AMIGA

4 Ovos
4 colh.(sopa)rasas de maisena
1colh.(sopa) rasa de pó royal.
1 pitada de sal
1 colh.(sopa)cheia de queijo parmesão
1 xíc.(chá)de leite.


Bata todos os ingredientes no liquidificador,coloque em um marinex pequeno untado com manteiga
coloque um recheio a seu gosto,polvilhe queijo e leve ao forno até dourar.

Recheio:Amasse uma lata de sardinha e misture nela,cheiro verde,cebola,tomate sem sementes picadinho,azeitonas etc.

Ou presunto e muçarela em cubinhos com tomate e cebola,orégano,fica mto bom
Ou faça de acordo com sua imaginação.

**********************************

Bolo de limão – de liquidificador


INGREDIENTES:
  • 1 e 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
  • 1 e 1/2 xícara (chá) de açúcar
  • 3 ovos
  • 1/4 xícara (chá) de óleo
  • 1/3 xícara (chá) de leite
  • suco de 1 limão
  • 2 colheres (chá) de fermento em pó
  • raspas de limão
Cobertura:
  • 1/2 lata de leite condensado
  • 1/4 xícara (chá) de suco de limão
  • 2 colheres (sopa) de creme de leite
MODO DE PREPARO:
1- No liquidificador adicione o leite, os ovos, o óleo, o açúcar e o suco de limão. Bata bem.
2- Transfira para uma tigela e passe pela peneira a farinha de trigo e o fermento. Acrescente raspas de limão e misture.
3- Despeje em uma forma ( ARO 19) untada e enfarinhada e leve ao forno preaquecido a 180° por aproximadamente 30 minutos.
4- Em uma tigela acrescente leite condensado, suco de limão, creme de leite e misture. Cubra com filme plástico e deixe na geladeira até a hora de usar.
5- Após, deixe esfriar alguns minutinhos, desenforme no prato de servir, e despeje a cobertura.
Bom apetite!
Obs.Jack SantosFAÇO BOLO DE LIMÃO HA MUITO TEMPO, VOU DÁ UMA DICA A VCS PRA O BOLO FICAR VERDINHO COLOCAR UM SACHÊ DE GELATINA DE LIMÃO COM OS OUTROS INGREDIENTES NO LIQUIDIFICADOR E TROCA O LEITE LÍQUIDO POR UM COPO DE IORGUTE NATURAL..... HUMMMM FICA UMA DELÍCIA!!!!
***************************************************************************************

ESPAGUETE À BOLONHESA em uma panela só I Receitas e Temperos



INGREDIENTES:

200g de carne moída
200g de espaguete
1 cebola picada
2 dentes de alho triturados
1 xícara (chá) de molho de tomate
8 mini tomates cortados ao meio
Aproximadamente 3 xícaras (chá) de água
Folhas de manjericão
Azeite, sal e pimenta do reino à gosto
Queijo parmesão para finalizar
Espaguete à bolonhesa - em uma panela só

MODO DE PREPARO:

1- Na panela regue um fio de azeite, doure a cebola, o alho e acrescente a carne moída. Após tempere com sal e pimenta do reino. Adicione o molho de tomate, os mini tomares, as folhas de manjericão.

2- Despeje a água, e adicione o espaguete (a água deve cobrir todos os ingredientes). Quando começar a ferver conte 8 minutos. E confirme se o espaguete já chegou no ponto.

domingo, 27 de novembro de 2016

O melhor anti-rugas e linhas finas. Oleo de Ricino




Como Clarear olheiras, Axilas, Virilhas e Pele Manchada

ÓLEO DE RÍCINO E SEUS BENEFÍCIOS NOS CABELOS








Óleo de Rícino...

Tem excelentes propriedades antioxidantes, permitindo que o organismo combata os radicais livres nocivos.

Suas qualidades anti-inflamatórias ajudam a reduzir a inflamação em várias partes do corpo.

A maioria dos benefícios se deve à presença de uma grande quantidade de ácidos graxos insaturados.

O óleo de rícino pode ser usado para estimular o crescimento das sobrancelhas e dos cílios (aplicado diretamente nos pelos).

Ele tem propriedades desinfetantes que são altamente benéficas para o tratamento de várias doenças de pele causadas por infecções bacterianas ou fúngicas, incluindo úlceras de pele, micose, prurido cutâneo, erupções cutâneas e verrugas.

Tem um bom efeito hidratante na pele seca.

Pode ser usado para curar fissuras nos tornozelos e pés.

Massagear nos pés após imersão em água quente por um tempo curto amacia a pele e evita rachaduras.

O óleo de rícino pode ser usado para rugas ao redor dos olhos. Ele promove a produção de colágeno e elastina e contribui para tornar a pele lisa e macia.

Pode ser usado em caso de infecções no couro cabeludo.

Quando aplicado sobre o couro cabeludo seco e escamoso, pode reter a umidade e melhorar a condição do couro cabeludo.

Da mesma forma, pode ser usado contra caspa e piolho.

Fortalece as raízes do cabelo e promove o crescimento.

Também é um excelente condicionador de cabelo.

Basta misturar óleo de amêndoa com óleo de rícino, para torná-lo mais espesso, e massagear no couro cabeludo.

Deixar agir por uma hora e lavar com xampu de boa qualidade.

Dosagem

Geralmente o uso interno é feito entre uma colher e uma colher e meia de chá por dia.

Para ser consumido, o óleo deve ser indicado para uso interno, por isso é aconselhável comprá-lo em farmácia e verificar se na embalagem consta a informação de que é para uso interno. 

Não há efeitos colaterais quando o óleo de rícino é tomado em quantidades moderadas.

No entanto, mulheres grávidas, lactantes e pessoas com estado de saúde abalado devem tomar óleo de rícino só depois de falar com um médico.

Doses elevadas podem causar náusea, vômitos, diarreia e dor abdominal
https://dicapravoce.net

Observação de quem usou:
Dayara Lima
o óleo de rícino é bom usar cm óleo de Coco...pq o óleo de rícino é muito grosso...mas para quem faz raiz...a duração é pouca porque o cabelo cresce...e Bepantol é ótimo para fechar os fios e dar maciez... hidratação maravilhosa...uso direto no salão após passar tinta...matizar ou fazer luzes...as clientes aprovam o resultado.Ah,vai a dica... óleo de rícino nas sobrancelhas tambem da resultado...

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Receita de queijo fresco super fácil



Oi pessoal ,uma receita bem fácil de queijo fresco,espero que gostem!!!
Receita:
2 L de leite com, no mínimo, 3,5% de gordura
2 potes de iogurtes naturais 400g cada
1 colher de sal

sábado, 5 de novembro de 2016

UMA EMOCIONANTE REFLEXÃO


QUANDO OS FILHOS VOAM… 

– POR RUBEM ALVES



Sei que é inevitável e bom que os filhos deixem de ser crianças e abandonem a proteção do ninho. Eu mesmo sempre os empurrei para fora.Sei que é inevitável que eles voem em todas as direções como andorinhas adoidadas.
Sei que é inevitável que eles construam seus próprios ninhos e eu fique como o ninho abandonado no alto da palmeira…
Mas, o que eu queria, mesmo, era poder fazê-los de novo dormir no meu colo…
Existem muitos jeitos de voar. Até mesmo o vôo dos filhos ocorre por etapas. O desmame, os primeiros passos, o primeiro dia na escola, a primeira dormida fora de casa, a primeira viagem…
Desde o nascimento de nossos filhos temos a oportunidade de aprender sobre esse estranho movimento de ir e vir, segurar e soltar, acolher e libertar. Nem sempre percebemos que esses momentos tão singelos são pequenos ensinamentos sobre o exercício da liberdade.
Mas chega um momento em que a realidade bate à porta e escancara novas verdades difíceis de encarar. É o grito da independência, a força da vida em movimento, o poder do tempo que tudo transforma.
É quando nos damos conta de que nossos filhos cresceram e apesar de insistirmos em ocupar o lugar de destaque, eles sentem urgência de conquistar o mundo longe de nós.
É chegado então o tempo de recolher nossas asas. Aprender a abraçar à distância, comemorar vitórias das quais não participamos diretamente, apoiar decisões que caminham para longe. Isso é amor.
Muitas vezes, confundimos amor com dependência. Sentimos erroneamente que se nossos filhos voarem livres não nos amarão mais. Criamos situações desnecessárias para mostrar o quanto somos imprescindíveis. Fazemos questão de apontar alguma situação que demande um conselho ou uma orientação nossa, porque no fundo o que precisamos é sentir que ainda somos amados.
Muitas vezes confundimos amor com segurança. Por excesso de zelo ou proteção cortamos as asas de nossos filhos. Impedimos que eles busquem respostas próprias e vivam seus sonhos em vez dos nossos. Temos tanta certeza de que sabemos mais do que eles, que o porto seguro vira uma âncora que impede-os de navegar nas ondas de seu próprio destino.
Muitas vezes confundimos amor com apego. Ansiamos por congelar o tempo que tudo transforma. Ficamos grudados no medo de perder, evitando assim o fluxo natural da vida. Respiramos menos, pois não cabem em nosso corpo os ventos da mudança.
Aprendo que o amor nada tem a ver com apego, segurança ou dependência, embora tantas vezes eu me confunda. Não adianta querer que seja diferente: o amor é alado.
Aprendo que a vida é feita de constantes mortes cotidianas, lambuzadas de sabor doce e amargo. Cada fim venta um começo. Cada ponto final abre espaço para uma nova frase.
Aprendo que tudo passa menos o movimento. É nele que podemos pousar nosso descanso e nossa fé, porque ele é eterno.
Aprendo que existe uma criança em mim que ao ver meus filhos crescidos, se assustam por não saber o que fazer. Mas é muito melhor ser livre do que imprescindível.
Aprendo que é preciso ter coragem para voar e deixar voar.

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Nobel da Medicina diz que memória perdida por Alzheimer pode ser recuperada -

Nobel da Medicina diz que memória perdida por Alzheimer pode ser recuperada



O prêmio Nobel da Medicina Susumu Tonegawa (1987) defende que o estímulo de áreas específicas do cérebro com luz azul permite a ratos de laboratório recuperarem experiências e memórias que pareciam esquecidas.
Os resultados fornecem algumas das primeiras evidências de que a doença de Alzheimer não destrói por completo as memórias específicas, torna-as “apenas inacessíveis”.
“Como seres humanos e ratos camundongos tendem a ter princípios comuns em termos de memória, os nossos resultados sugerem que os pacientes com a doença de Alzheimer, pelo menos nos estádios iniciais, podem preservar a memória. Ou seja há hipóteses de cura”, comentou Susumu Tonegawa à agência de notícias France Presse.
A equipe de Tonegawa usou este tipo de animais geneticamente modificados para mostrar sintomas semelhantes aos dos seres humanos que sofrem de Alzheimer, uma doença degenerativa do cérebro que afeta milhões de adultos em todo o mundo. A Organização Mundial de Saúde estima que em 2050 a demência afete 131 milhões de pessoas.
Os animais foram colocados em caixas cuja superfície inferior estava eletrificada, causando uma descarga desagradável, mas não perigosa, sobre os seus membros sempre que os animais tocassem nessa estrutura.
Um rato que não tem Alzheimer desenvolve comportamentos medrosos, evitando a sensação desagradável.
Camundongos com Alzheimer não reagem da mesma forma, indicando que não guardam nenhuma memória da experiência dolorosa.
No entanto, quando os cientistas estimulam áreas específicas do cérebro dos animais – as chamadas “células de engramas” relacionadas com a memória – usando uma luz azul, os ratos acabam por se lembrar da sensação desagradável ou pelo menos desenvolvem comportamentos para evitar os choques elétricos.
cerebro1
O mesmo resultado foi observado também quando os animais eram colocados num recipiente diferente durante o estímulo, o que sugere que a memória se manteve.
Ao analisar a estrutura física do cérebro dos ratos, os investigadores mostraram que os animais afetados com a doença de Alzheimer tinham menos “espinhas dendríticas”, através das quais as conexões sinápticas são formadas.
Com a repetição dos estímulos lumínicos, os animais podem incrementar o número de espinhas dendríticas atingindo o níveis dos ratos saudáveis.
“A memória de ratos foi recuperada através de um sinal natural”, disse Tonegawa, referindo-se ao recipiente que causava o comportamento de medo.
“Isto significa que os sintomas da doença de Alzheimer em camundongos foram curados, pelo menos nos estádios iniciais”, disse.
A investigação, patrocinada pelo Centro RIKEN-MIT para Genética de Circuitos Neurais, é a primeira a mostrar que o problema não é a memória, mas as dificuldades na sua recuperação, explica o centro com sede no Japão.
“É uma boa notícia para os pacientes de Alzheimer”, acrescenta Tonegawa por telefone à AFP, a partir do escritório em Massachusetts. Tonegawa obteve em 1987 o prémio Nobel da Medicina.
Fonte:https://osegredo.com.br